Grupo Feminista protesta em frente ao Fórum, em contestação a liberdade provisória a acusado de estupro

Essa é a segunda manifestação do grupo denominado "Coletivo Feminista Mariana Coelho, de Campo Mourão.

A primeira foi a divulgação de nota postada no Facebook, manifestando "total repúdio" a soltura do acusado de estuprar agente da dengue.

A mais recente, foi um ato de protesto em frente ao Fórum que mobilizou um grupo com cartazes de protesto contra decisão judicial.

O protesto foi na tarde de segunda-feira, 03/12, em frente ao fórum do município.

O autor do suposto estupro foi preso, e teve liberdade provisória, após ser apontado pela policia, como sendo autor de violência sexual, cometida no dia 22 de novembro, contra uma servidora pública, de 24 anos de idade.

Conforme denúncia, o jovem obrigou a vítima manter a ter relação sexual, quando ela realizava o trabalho de inspeção para o combate a dengue na na residência do acusado.

Fotos