Ana Paula Scheffer, ex-ginasta é encontrada morta em Toledo

Ana Paula Scheffer, ex-atleta da seleção brasileira de ginástica rítmica, foi encontrada morta em casa, nesta sexta-feira (16), em Toledo, no oeste do Paraná.
A ex-ginasta, que atualmente trabalhava como técnica, tinha 31 anos. A suspeita é que ela tenha tido um infarto fulminante, segundo a família.
Também de acordo com a família, Ana Paula Scheffer estava deitada na cama do quarto quando foi encontrada, por volta das 12h, pela mãe Sonia Scheffer.
A causa da morte ainda será apurada, mas a suspeita é que ela tenha tido um infarto fulminante, segundo a família.
Ana Paula recebeu medalha de bronze no aparelho Arco, nos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro, em 2007.
Atualmente, a Ana Paula trabalhava como técnica de ginástica rítmica, em Cascavel.
Trajetória
Ana Paula Scheffer começou a treinar quando era criança na equipe de ginástica rítmica de Toledo. Ela representou o município em várias competições nacionais e internacionais, com destaque na categoria individual.
Enquanto jovem, conquistou medalhas em campeonatos paranaenses e brasileiros, integrou a seleção brasileira de ginástica rítmica de 2005 a 2015.
À época, participou de quatro campeonatos mundiais, além dos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro.
Após encerrar a carreira como atleta, passou a atuar como técnica da equipe na cidade vizinha, em Cascavel.


Fotos