Salário mínimo regional no Paraná é confirmado em R$ 1.467,40

O salário mínimo regional do Paraná de R$ 1.467,40 foi aprovado nesta terça-feira (12), pelo Conselho Estadual do Trabalho, Emprego e Renda, órgão vinculada à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná.
Os valores variam de R$ 1.467,40 a R$ 1.696,20 de acordo com cada categoria. Dessa forma, o Paraná segue tendo o maior salário mínimo regional do Brasil.
“O salário mínimo regional é uma referência para a negociação das categorias sindicalizadas e uma garantia para as categorias que não têm sindicato”, explicou o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.
Os novos valores devem entrar em vigor nos próximos dias e serão válidos até 31 de dezembro deste ano. O salário mínimo regional não se aplica a trabalhadores que tenham piso definido por lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho e também aos servidores públicos.
“No nosso ponto de vista como trabalhador e representante dos trabalhadores essa política salarial é extremamente importante e é referência para o País. E com isso a própria atuação do conselho – governo, empresário e trabalhador – é necessária para debater sobre a valorização da mão de obra no estado, para o próprio crescimento do Paraná”, analisou o o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, Paulo Roberto dos Santos Pissinini.


A divisão do salário mínimo regional para os trabalhadores do Paraná ficou da seguinte forma:
•    trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca com mínimo de R$ 1.467,40;
•    trabalhadores administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados com mínimo de R$ 1.524,60;
•    trabalhadores na produção de bens e serviços industrial com mínimo de R$ 1.577,40;
•    trabalhadores técnicos de nível médio com mínimo de R$ 1.696,20.


Fotos